[15] O que há de pior no mundo virtual? – #TAG52Semanas

Olá pessoas!

Tudo bem com vocês?

Chegamos à 15ª semana desse ano e com ela também chega a nossa famosa pergunta da TAG 52 Semanas, que é: “O que há de pior no mundo virtual?”. Que o mundo anda um tanto quanto ruim nós já sabemos não é mesmo? Mas será que o mundo virtual (internet) também foi afetado?

Clique aqui para conferir todas as perguntas já respondidas da Tag 52 semanas!

Bom, eu tentei listar aqui, algumas coisas que vejo como algo muito ruim na internet, o que não significa que já tenha acontecido comigo viu. Venha cá, vamos conferir juntos:

Haters:

Vocês sabem o que são né? Pois bem, são aquelas pessoinhas que tem o ‘prazer’ de disseminar pela internet todo o seu ódio gratuito por uma pessoa. Que vão lá nas redes sociais alheias e comentam coisas absurdas a respeito do dono, xingando umas as outras, entre outras coisas ruins mais. Quem sofre muito com esse tipo de coisas na maioria das vezes que eu vejo são os famosos, não que quem não seja famoso não sofra com isso também, mas, acredito que esse tipo gente ‘ama’ atacar pessoas famosas achando que não irá os atingi-los ou que eles não verão os seus comentários maldosos. Não curto esse tipo de coisa e espero que eu nunca venha ter um hater!

Juro pra vocês que eu não consigo pensar mais em nenhuma outra coisa que hoje eu ache de pior na internet. Tem outras coisas que são bem chatinhas como publicarem algo que você fez sem dar os devidos créditos, mas, é algo que conseguimos resolver (às vezes) de forma simples, plágio também é algo horrível, spam, propagandas em vídeos rs. Mas não chegam a ser o PIOR da internet.

Pessoas que possuem esse tipo de comportamento na internet me assustam, por que o passa na cabeça de uma pessoa para jogar todo o seu ódio em comentários? Xingar outra pessoa que mal conhece por que sua opinião sobre tal assunto são diferentes? Sinceramente, eu não consigo entender. Tem muitas coisas que vejo na internet que eu não concordo e que mesmo assim não saio dizendo tudo o que penso se for algo que não vá gerar desconforto muito menos ofender a outra pessoa, acho válido ser exposta a opinião. Agora o contrário, eu finjo demência, nem li o que estava escrito! Rs

Quando eu penso que essa tag está ficando fácil de responder, ela vem e me trola! Hahaha E vocês o que veem de pior no mundo virtual? O que não gostam? Já passaram por alguma situação ruim com comentários maldosos? Me conta aqui nos comentários qual atitude você tomou, se ficou tudo resolvido, como enfrentar essas atitudes! Vamos trocar experiências, isso é muito importante para mim, receber esse retorno de vocês!

Não se esquece de compartilhar esse post com seus amigos, de indicar o blog para que eles também o conheçam e de me seguir nas redes sociais. Ah e se você gosta de receber a noticia de posts novos aqui no blog por e-mail é só cadastrar aqui do lado (se você está acessando pelo computador) ou no final da página (se você está acessando pelo celular).

Bjs, fiquem com Deus! 😘

E até o próximo!

Tchaau 👋🏻

Redes Sociais:

»Facebook                  »Instagram                 »Twitter

 

 

Escrito por

Carioca de 28 anos, casada, cristã, uma sonhadora que ama tudo que envolve o universo feminino, adora viajar na internet e nesse mundão quando dá, curte fotografias amadoras até se arrisca fazendo umas, tem aparência forte mas é super sensível e delicada mas não leva desaforo pra casa!

Um comentário em “[15] O que há de pior no mundo virtual? – #TAG52Semanas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.